Três pessoas morrem em queda de avião em Cascavel
Rede social

Acidente

Três pessoas morrem em queda de avião em Cascavel

Por Roberto Benjamin em 17/11/2019 - 18:43

O avião de pequeno porte que transportava a família  do médico Cascavelense Eduardo Philippi caiu  no fim da tarde deste domingo (17), em Espigão Azul, distrito de Cascavel. Além do médico cardiologista, morreram a filha dele mais nova Fernanda Philippi e o piloto Magnus Padilha, na hora da queda. A esposa do médico, Graziela foi socorrida e encaminhada em estado grave ao HU. A família retornava do litoral catarinense.  O corpo de Magnus Padilha está sendo velado na capela Master da ACESC. Já os corpos de Eduardo Philippi e Fernanda Philippi estão sendo velados no Country Clube.

 

CONFIRA, NA ÍNTEGRA, A NOTA DA FORÇA ÁREA BRASILEIRA, QUE VAI INVESTIGAR O ACIDENTE:

 

Investigadores do Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA V), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), estão se deslocando para realizar a Ação Inicial da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PT-JQZ, que aconteceu neste domingo (17/11), nas proximidades de Cascavel (PR).

A Ação Inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos.

A investigação realizada pelo CENIPA tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram.

A necessidade de descobrir todos os fatores contribuintes garante a liberdade de tempo para a investigação. A conclusão de qualquer investigação conduzida pelo CENIPA terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade do acidente.

 

CONFIRA, NA ÍNTEGRA, NOTA DA ANAC (AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL) SOBRE A AERONAVE:

 

Conforme os dados da aeronave acidentada, a Inspeção Anual de Manutenção (IAM) venceu no último dia nove (09/11), porém, o proprietário e operador ainda possuem 30 dias após o vencimento para regularização desta documentação junto à ANAC. As investigações sobre as causas do acidente são conduzidas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), da Aeronáutica. Em relação ao plano de voo, este é informado ao Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), também da Aeronáutica. Qualquer outro ilícito sobre a operação da aeronave que não esteja relacionado à aviação civil cabe à Polícia Civil evidenciar.  

 

Matrícula PTJQZ

Proprietário:

NILO LAERSE DE REZENDE

Operador:

NILO LAERSE DE REZENDE

Fabricante:

BEECH AIRCRAFT

Ano de Fabricação:

1974

Modelo:

V35B

Número de Série:

D-9636

Tipo ICAO:

BE35

Tipo de Habilitação para Pilotos:

MNTE

Classe da Aeronave:

POUSO CONVECIONAL 1 MOTOR CONVENCIONAL

Peso Máximo de Decolagem:

1542 - Kg

Número Máximo de Passageiros:

005

Tipo de voo autorizado:

IFR Noturno

Categoria de Registro:

PRIVADA SERVICO AEREO PRIVADOS

Número dos Certificados (CM - CA):

7759

Status da Operação:

OPERAÇÃO NEGADA PARA TÁXI AÉREO

Situação no RAB:

Data da Compra/Transferência:

22/05/19

Data de Validade do CA:

11/02/20

Data de Validade da IAM:

09/11/19

Player Ouça a reportagem

Notícias da mesma editoria