"As chances de cura do câncer em crianças e adolescentes podem chegar a 80%"

Diagnóstico precoce

"As chances de cura do câncer em crianças e adolescentes podem chegar a 80%"

Por Roberto Benjamin em 09/04/2021 - 16:33

O Instituto Ronald McDonald, em parceria com o Hospital do Câncer Uopeccan de Cascavel, leva o programa Diagnóstico Precoce, já realizado em mais de 10 estados brasileiros, para a região Oeste do Paraná.

O projeto tem como objetivo de contribuir com o aumento da identificação precoce da doença em crianças e adolescentes por meio de capacitações de profissionais da Atenção Básica de Saúde, pediatras da rede SUS e privada, além de estudantes de medicina e de enfermagem para que possam desenvolver o olhar especifico para suspeitarem da doença e saberem como encaminhar para o diagnóstico, contribuindo também com a organização da rede de saúde na localidade. A oncologista pediátrica da Uopeccan de Cascavel, Carmem Fiori, destaca que a parceria com o Instituto Ronald McDonald desde 2008, trouxe melhorias para saúde do estado do Paraná: “É um programa que veio para mudar a nossa realidade, nós estamos há 12 anos trabalhando nesse projeto e vimos resultados positivos, as crianças começaram vir com diagnóstico precoce, aumentando assim, as chances de cura. Infelizmente devido a pandemia do covid-19, o curso que era presencial passa agora a ser de forma online para alcançar não só os profissionais da saúde, mas também os alunos de Medicina e Enfermagem, assim como residentes de Pediatria”, ressalta a médica Carmem Fiori.

Quer saber mais sobre o Programa Diagnóstico Precoce do Instituto? Acesse: www.institutoronald.org.br/.

Player Ouça Carmem Fiori, oncologista pediátrica

Notícias da mesma editoria