Dois empresários são presos em Cascavel por fraude
15a SDP

Operação Retro Case

Dois empresários são presos em Cascavel por fraude

Por Tatiane Bertolino em 16/10/2019 - 12:00

Oito municípios foram alvo da Operação Retro Case, no Oeste do Paraná. As investigações são desenvolvidas desde março deste ano. Foram cumpridos, nesta quarta-feira, 11 mandados de prisão temporária e 26 mandados de busca e apreensão em domicílios e em empresas. Segundo a delegada da divisão de combate a corrupção de Foz do Iguaçu, Rita de Cássia, tudo começou em missal, quando houve constatação de fraude no empenho de peças que não eram entregues, além do superfaturamento em pelo menos 30% do valor total. Prejuízo indicado, inicialmente, de 210 mil reais. O contrato de licitação era de 2018, para aquisição de peças para máquinas pesadas. A investigação evoluiu porque a empresa atua em outros municípios.

Toda a investigação foi sigilosa até agora. Um secretário de Missal foi preso temporariamente. A delegada explica qual era a participação dele no esquema.

Foram apreendidos dinheiro, arma de fogo e munições e celulares, computadores e documentos. As empresas envolvidas são de Cascavel e existe indícios de fraudes em todos os municípios municípios Missal, Cascavel, Terra Roxa, Guaíra, Diamante do Sul, Pérola D’Oeste, Roncador e Catanduvas. Segundo o promotor Felipe Segura Guimarães Rocha, há indício de favorecimento de licitação.

Player Ouça

Notícias da mesma editoria