QUEDAS DO IGUAÇU

Motorista acusado de atropelar e matar menina é ouvido na Polícia Civil

Por Tatiane Bertolino em 23/01/2020 - 12:01

Na tarde de ontem, o motorista do veículo envolvido na morte de Maria Eduarda, de sete anos, foi ouvido em Quedas do Iguaçu, pela Polícia Civil. Ele teria seguido por livre e espontânea vontade à delegacia de polícia civil. O homem tem residência fixa em Quedas do Iguaçu. Em nota, a Polícia Civil de cascavel afirma que o suposto condutor do veículo envolvido na morte de Maria Eduarda foi submetido a procedimento de oitiva na Delegacia de Quedas do Iguaçu, onde foi ouvido sobre os fatos. Na sequência da investigação, o procedimento seguiu com oitivas de testemunhas e produção das perícias e demais provas técnicas pertinentes. A polícia civil diz que o caso tem absoluta prioridade para que o inquérito seja concluído o mais rápido possível e encaminhado para o Ministério Publico. A polícia ainda não disse se dará coletiva de imprensa a respeito do depoimento do motorista.

Maria Eduarda, de sete anos, morreu após ser atropelada no bairro melissa, no ultimo sábado. Testemunhas dizem que ele estava embriagado. Mas isso não pode ser comprovado porque o homem foi linchado por populares e levado para atendimento no HU. O veículo foi recolhido pela polícia. O homem não tinha CNH, segundo boletim da polícia militar. Mesmo assim, ele não ficou custodiado e não foi preso em flagrante. Familiares protestaram na terça-feira e na quarta-feira pedindo justiça. Na noite de ontem, no Bairro Melissa, eles voltaram a queimar pneus e reuniram parentes e amigos para pedir uma solução para a morte da criança.

Player Ouça a reportagem

Notícias da mesma editoria