Acusado de assédio será suspenso por 60 dias
Imagem G1

GUARDA MUNICIPAL

Acusado de assédio será suspenso por 60 dias

Por Tatiane Bertolino em 11/10/2019 - 11:00

A Prefeitura de Cascavel decidiu por não demitir um guarda municipal acusado de assédio. O homem era investigado por uma Comissão de Sindicância da Guarda e o processo chegou ao fim. A comissão pediu a exoneração do funcionário. O prefeito, Leonaldo Paranhos, pediu revisão do processo ao procurador jurídico da prefeitura, Luciano Braga Cortes. O procurador afirma que mudou a punição para suspensão de 60 dias ou multa, porque o caso não era de demissão.

 

A investigação ganhou esfera policial e também há averiguação por parte do ministério público. Segundo Luciano, ficou comprovado que os relacionamentos foram consentidos e ocorreram fora de horário de trabalho.

Player Ouça

Notícias da mesma editoria